10 grandes momentos do xadrez na telona e na telinha

Senhor D
Por Senhor D
19/11/2015

Capablanca_jogando_com_o_seu_paiNo dia 19 de novembro de 1888 nascia um cubano chamado Jose Raúl Capablanca y Graupera (na foto ao lado, aos quatro anos de idade, encarando o pai no tabuleiro).

Precocemente, esse rapaz viria a se tornar uma das maiores lendas do xadrez mundial — ou o melhor de todos os tempos, dependendo de com quem você falar.

O fato é que o cara foi tão mestre, mas tão mestre, que o Dia Internacional do Enxadrismo é celebrado na data do nascimento dele, o 19 de novembro.

E hoje é 19 de novembro, por isso a Taberna lista para você dez das melhores “atuações” especiais desse jogo mitológico na ficção. Confiram.

BLADE RUNNER

2411358_Roy

O filme Blade Runner, O Caçador de Androides (1982, de Ridley Scott) reproduz uma das partidas de xadrez mais famosas de todos os tempos, que ficou conhecida como A Imortal. O lendário confronto ocorreu em 1851, disputado por Adolf Anderssen e Lionel Kieseritzky.

X-MEN

movie-xavier-and-magneto-chess-300x294Em X-Men, os amigos e rivais Magneto e Xavier não perdem a chance de “tirarem as caras” no tabuleiro. Com ideias divergentes sobre o posicionamento dos mutantes na sociedade, os dois aproveitam o silêncio dos embates para também confrontarem suas ideias, exporem seus pontos de vista, ou apenas aliviarem as tensões do dia a dia.

Se quisesse, o professor até levaria certa vantagem, não? Como Magnus costuma jogar sem capacete… Mas xadrez é um jogo de cavalheiros, e ambos sabem disso.

 

STAR WARS

image_bc196054

Está certo, não é bem xadrez, mas é óbvia a inspiração que deu origem a Dejarik. O jogo mais parece uma nova modalidade do xadrez terrestre, uma derivação mais tecnológica. É provavelmente mais popular também.  Dejarik apareceu pela primeira vez em Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança(1977), em uma partida disputada entre Chewbacca e R2-D2.

SHERLOCK HOLMES

46-300x160Jogar xadrez às cegas, só de memória, é algo para poucos. É preciso ser genialmente desenvolvido para alcançar tal feito. Sherlock Holmes é. Seu arquirrival, o Professor Moriarty, também é. E é assim que se “divertem” em  Sherlock Holmes: O jogo das Sombras (2011).
007

russia-chess-300x180Em Moscou Contra 007, o jogo entre Kronsteen e McAdams foi inspirado em  partida real disputada
por Boris Spassky e David Bronstein, em 1960.

O longa foi lançado em 1963, e traz Sean Conneryno papel do agente secreto. Não só pelo jogo de xadrez, esse é um dos melhores filmes de Bond, James Bond, de todos os tempos, subjetivamente falando, é claro.

MR. BEAN

No episódio Goodnight Mr. Bean, da série Mr. Bean, o cômico personagem criado e interpretado por Rowan Atkinson luta contra o sono enquanto acompanha a uma partida de xadrez na televisão. Na cama, Bean tenta se manter acordado para não perder nenhum movimento do “emocionante” duelo. Como se alguém pudesse se entediar assistindo a um jogo de xadrez. Só na ficção mesmo…

STAR TREK

st-courtmartial12-300x225O Xadrez Tridimensional flagrado na série Star Trekganhou tanta popularidade que fãs desenvolveram um conjunto de regras para a modalidade.

Não faço ideia de como se joga e, sinceramente, acredito que nunca vá fazer. Não por desinteresse, apenas penso que a prática possa se constituir em demasiado esforço à minha matéria cinzenta.

O JOGO DE GERI

Produzido pela Pixar, o curta-metragem O Jogo de Geri  abre o filme Vida de Inseto (1998). Trata-se de uma partida de xadrez disputada em praça pública por um senhor simpático. Ocorre que o curta é tão legal que acaba superando o próprio filme. Bom, quem não viu, pode testemunhar aqui embaixo. Quem conhece, pode ver de novo que não custa nada.

HARRY POTTER

O próprio Dumbledore disse, Rony Weasley é o responsável pela “melhor partida de xadrez já vista no mundo da magia”. O jogo foi disputado em Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001), e é uma das cenas mais legais dessa primeira história.

O SÉTIMO SELO

A partida de xadrez mais emblemática do cinema está em O Sétimo Selo,  escrito e dirigido por Ingmar Bergman. Lançado em  1956, o filme sueco apresenta o duelo entre um cavaleiro cruzado e a personificação da morte. Ao propor o jogo, o templário busca ganhar tempo para refletir sobre o sentido da vida — e do iminente fim dela.

o-setimo-selo

Além da fotografia e história esplêndidas, o longa faz do xadrez uma das muitas simbologias propostas Bergman nessa obra-prima da sétima arte.